Nº 1412 ano 2021
Data:

Principal Vacinação contra a Covid-19


Prefeitura de Paraíso prevê início da vacinação ainda esta semana

Conforme o Secretário de Saúde, Arllérico André, o município aguarda a chegada dos imunizantes em Paraíso.

Por: Divulgação
Publicada em: 18/01/2021 15h15min
Atualizada em: 26/01/2021 15h30min
Foto: Divulgação
A Prefeitura de Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que já tem o Plano Municipal de Vacinação Contra a COVID19, alinhado ao Plano Nacional e Estadual de Imunização. Este será deliberado no Conselho Municipal de Saúde amanhã, dia 19/01/2021.

A Prefeitura de Paraíso, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informou que já tem o Plano Municipal de Vacinação Contra a COVID19, alinhado ao Plano Nacional e Estadual de Imunização. Este será deliberado no Conselho Municipal de Saúde amanhã, dia 19/01/2021.
Conforme o Secretário de Saúde, Arllérico André, o município aguarda a chegada dos imunizantes em Paraíso. “Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, as doses destinadas ao nosso município estão previstas chegar na quarta-feira, dia 20, e após o recebimento vamos iniciar a vacinação com os grupos prioritários”, explica.
Além disto, o gestor reforçou que ainda não há um quantitativo de doses definido pela Coordenação Estadual de Imunização do Estado do Tocantins. “Porém toda a estratégia e logística está montada e seguirá o fluxo do Plano Municipal de Vacinação”, acrescentou.
O prefeito Celso Morais enfatizou que Paraíso está preparado para a vacinação seguindo os protocolos e orientações técnicas do Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde, bem como, do Plano Municipal de Vacinação Contra a Covid-19. “Estamos muito esperançosos, pois já foi aprovada a vacina e vamos poder ofertá-la aos paraisenses que fazem parte dos grupos prioritários”, declarou.

Conheça os grupos prioritários:
- Idosos acima de 75 anos;
- Profissionais de saúde, neste primeiro momento, profissionais ligados; diretamente ao atendimento aos pacientes com a COVID19, cabe esclarecer que TODOS os trabalhadores da saúde serão contemplados com a vacinação, entretanto a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme a disponibilidade de vacinas;
- Pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas;
- População indígena.