Nº 1390 ano 2020
Data:

Principal Doação de Brinquedos


Hospital de Araguaína lança campanha de arrecadação para o Dia das Crianças

Muito além da diversão, os brinquedos são essenciais durante a internação e tratamentos

Por: Divulgação
Publicada em: 24/09/2020 16h20min
Foto: Divulgação
Hospital Municipal de Araguaína está promovendo campanha de arrecadação de brinquedos.

Quando o mês de outubro se aproxima, já é uma tradição no Hospital Municipal de Araguaína - HMA a mobilização de colaboradores e sociedade para a campanha de arrecadação de brinquedos para o Dia das Crianças, neste ano batizada de “Cuidar também é fazer sorrir”. 

E em tempos de pandemia, a ação se tornou ainda mais essencial, pois devido ao risco de infecção, o contato dos pacientes infantis com os familiares foi reduzido, diminuindo também as opções de distração para as crianças.

As doações podem ser feitas até o dia 10 de outubro, no próprio HMA (Avenida Tibúrcio José Dantas, nº 650, Loteamento Manoel Gomes da Cunha), das 7 às 19 horas. 

Os brinquedos serão dados de presente para os pacientes internados na unidade durante a semana da criança e o excedente fará parte do acervo da brinquedoteca do HMA.

Muito além da diversão

A terapeuta ocupacional do HMA, Juliana Maciel, ressalta que brincar é um poderoso recurso que possibilita à criança o resgate da sua vida antes do processo de hospitalização.

“Ele reduz os impactos negativos e limitantes da internação, favorecendo a interação, sociabilidade e dinamismo. A brincadeira no contexto hospitalar é vista como uma ferramenta de enfrentamento com relação à doença. A criança expressa-se melhor”, diz a terapeuta 

Sugestões de doações

- Brinquedos de plástico (facilita a higienização);

- Brinquedos novos (evita a transmissão de infecção);

- Brinquedos lúdicos e/ou pedagógicos;

- Jogos infantis;

- Brinquedos para todas as idades (0-12 anos).

- Brinquedos de 0 a 12 meses

 Brinquedos de pelúcia, tecido e madeira não recomendados, por isso não serão aceitos.

 Brinquedoteca fechada

A necessidade do distanciamento social provocou o fechamento temporário da brinquedoteca do hospital, tirando das crianças as doses diárias de diversão e contato com outros pacientes.

A psicóloga da unidade, Nayana Brunio, explica que a as brincadeiras deixam as crianças mais abertas ao tratamento. 

“Uma criança que vivencia uma hospitalização menos traumática vai aderir melhor ao tratamento e isso faz com que diminua esse período de internação. O brincar, o lúdico, ajuda os pequeninos a expressar seus sentimentos, seus medos, um recurso do enfrentamento da criança frente aos impactos da hospitalização”, finalizou.

Mobilização nacional

 

A campanha pela doação de brinquedos está sendo realizada nacionalmente  pelo ISAC - Instituto Saúde e Cidadania, que administra o HMA. Todas as unidades geridas pela organização social estão arrecadando brinquedos para doar às crianças e, assim, fazê-las sorrir.