Nº 1352 ano 2020
Data:

Política Assembleia Legislativa


Geo questiona má gestão do Governo com a segurança pública

Em sua fala, Geo também destacou sobre a falta de segurança pública nos municípios do Estado e a necessidade de concurso para esta área.

Por: Por Isadora Fontes
Publicada em: 26/03/2020 11h27min
O deputado pontuou alguns questionamentos sobre a situação ao Governo.

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Tocantins, nessa quinta-feira, 12, o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) cobrou do Governo informações referentes à ausência de pagamentos dos aluguéis de imóveis utilizados pela Polícia Civil do Estado. Conforme o Diário Oficial do dia 9 de março de 2020, o Executivo publicou diversos Termos de Reconhecimento de Dívidas referentes ao ano de 2019, que somam mais de um milhão de reais.

“Nos deparamos novamente com a mesma problemática em relação à ausência de pagamento de aluguéis de prédios da Segurança Pública. O Governo agora reconhece dívida de um milhão e setecentos mil em aluguéis. Eu não consigo entender, se tem dinheiro para 40%, porque não tem dinheiro para pagar o básico, que é o aluguel da segurança pública?”, questionou Geo, ao relembrar o aumento que ocorreu sobre o salário dos que ocupam o primeiro e segundo escalão do governo em 2019.

Questionamentos

Na ocasião, o deputado pontuou alguns questionamentos sobre a situação ao Governo. “Quais são os aluguéis que estão sendo pagos? Quem são os proprietários dos prédios que estão sendo beneficiados e por que a segurança pública não é devidamente beneficiada com prédios pagos com normalidade? Quais são os critérios utilizados pelo Governo do Estado?”, destacou.

Concurso e Segurança Pública

Em sua fala, Geo também destacou sobre a falta de segurança pública nos municípios do Estado e a necessidade de concurso para esta área. Como exemplo, ele citou a cidade de Monte do Carmo (localizada a 94 km de Palmas), onde não há policiamento disponível. “O número de efetivos da Polícia Militar não condiz com o aumento da população no estado, a mesma situação com o Corpo de Bombeiros, Quadro Geral, Educação. Não podemos fechar os olhos para os erros que estão sendo cometidos. O gestor público arrecada impostos para gerir e uma boa gestão é o que a sociedade espera”, finalizou o parlamentar.

Comentários

Deixe um comentário