Nº 1372 ano 2020
Data:

Política Câmara Municipal


Fernandes apresenta PL para atender portadores de fibromialgia

A doença é uma síndrome que não tem cura, causa dores por todo o corpo durante longos períodos e sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e em outros tecidos moles.

Por: Rafael Miranda
Publicada em: 08/06/2020 19h15min
Atualizada em: 01/07/2020 16h56min

O verificador Diogo Fernandes (MDB) apresentou um novo Projeto de Lei solicitando que seja implementada uma carta de identificação de portadores de Fibromialgia.

A doença é uma síndrome que não tem cura, causa dores por todo o corpo durante longos períodos e sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e outros tecidos moles.

Nenhum requerimento apresentado na Câmara Municipal de Palmas, uma carteira pode ser expedida sem qualquer custo, por meio de requerimento concluído preenchido e assinado pelo interessado ou pelo seu representante legal.

Os pacientes diagnosticados devem ainda apresentar relatório médico, documentos pessoais, bem como seus pais ou responsáveis ​​legais.

Diogo destacou que “entre 2 a 10% da população mundial é atingida pela fibromialgia, e a doença aparece em pessoas com idade entre 30 e 55 anos. No Brasil, uma síndrome atinge 3% da população. Os modos que a Fibromialgia causa devem ser levados em consideração e a proposta de Projeto de Lei é oferecer atendimento preferencial para aqueles que sofrem de síndrome ”.

A proposta é que pessoas com síndrome sejam incluídas nos serviços de atendimento preferencial de empresas e órgãos públicos; além de empresas comerciais e agências bancárias.

Comentários

Deixe um comentário