Principal Bula digital


Fabricantes de medicamentos devem disponibilizar a bula em formato digital

Nova legislação mantém obrigação da bula impressa estar em todas as caixas de remédios. A versão digital precisa ter informações idênticas ao modelo tradicional.

Por: Redação / Primeira Página
Publicada em: 16/05/2022 12h01min
Foto: Ministério da Saúde
Bula deve conter informações com composição do medicamento, efeitos colaterais e contraindicações.

Você é do tipo que costuma ler as bulas dos remédios que algum médico tenha receitado? Apesar das letras pequenas, saber o que consta na bula é muito importante. Neste documento consta as substâncias e princípios ativos da droga, quais são os eleitos colaterais e quais as contraindicações.

Agora vai ficar mais fácil ter acesso a todas essas informações. Entrou em vigor uma lei que estabelece que os laboratórios financeiros devem inserir um QR Code nas embalagens dos medicamentos para que os pacientes tenham acesso a bula digital.

De acordo com a nova legislação, as bulas digitais precisam estar em sites autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A versão online precisa ser idêntica a versão impressa, mas o fabricante pode inserir outras informações.

Mesmo com a versão digital, o fabricante ainda está obrigado a fornecer a bula impressa na caixa de cada medicamento. Além disso, o fabricante precisará ter um sistema com o mapa de distribuição dos medicamentos. Será necessário informar os remédios comercializados, os lotes distribuídos e os destinos das remessas.