Nº 1383 ano 2020
Data:

Principal Eleições 2020


ETI Olga Benário em Palmas é a primeira no ranking nacional de educação

Os resultados obtidos em 2019 conferem a Palmas a terceira colocação nacional para os anos iniciais, e a segunda colação nacional para os anos finais.

Por: Divulgação
Publicada em: 16/09/2020 10h21min
Foto: Divulgação
Pesquisa foi divulgada nesta terça-feira, 15

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi divulgado nesta terça-feira, 15, pelo Ministério da Educação (MEC) destacando a Escola de Tempo Integral (ETI) Olga Benário em primeiro lugar no 5° ano do Ensino Fundamental, com média de 8,1. Os dados apontam ainda que, as séries finais da Rede Municipal de Ensino de Palmas, estão com pontuação de 5,8, ficando assim, em segundo lugar, o primeiro lugar ficou com Teresina-PI que apresentou 6,3.

Já nas séries iniciais, Palmas se destaca na terceira posição com 6,6, tendo a sua frente Teresina com 7,4 pontos e Rio Branco com 6,7. Desta forma, a educação de Palmas manteve seus resultados em relação ao ano de 2017 e se consolida mais uma vez como uma das melhores dentre as Capitais.

De acordo com os dados divulgados pelo Ideb, dentre as capitais brasileiras, os resultados obtidos em 2019 conferem a Palmas a terceira colocação nacional para os anos iniciais, e a segunda colação nacional para os anos finais.

Os resultados por unidade educacional mostram a Escola de Tempo Integral (ETI) Olga Benário em primeiro lugar no 5° ano do Ensino Fundamental, com média de 8,1, e a Escola Municipal Henrique Talone em primeiro lugar no 9° ano, com média de 6,9, as duas acima da meta estabelecida para 2022.

No 5º ano do Ensino Fundamental o desempenho médio foi de 6,6, mantendo seu resultado em relação ao Ideb anterior. O 9º ano do Ensino Fundamental também manteve seu desempenho, de 5,8, repetindo a média do ano anterior.

A projeção do MEC para o ano de 2022 é de uma meta de 6,0 no Ideb, seguindo a meta estabelecida para países desenvolvidos conforme a Organização para a Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE). Nesta perspectiva, podemos notar que a Capital se mantém alinhada ao objetivo traçado, avançando em relação a 2015 e conseguindo se manter em relação a 2017.

De acordo com Cleizenir dos Santos, secretária Municipal da Educação, os resultados são muito positivos e mostram o comprometimento dos professores no envolvimento com o aprendizado das crianças e isso é que faz toda a diferença para que tenhamos uma educação de qualidade.