Nº 1406 ano 2021
Data:

Principal Indústria


Empresa de metalurgia implantará filial em Barrolândia no interior do Tocantins

Em fase de ampliação e atraída pelo potencial logístico e pelas políticas de incentivos fiscais do Estado, a empresa investirá R$ 30 milhões no Tocantins, gerando mais de 100 empregos diretos

Por: Divulgação
Publicada em: 20/01/2021 16h18min
Foto: Flávio Cavalera
Durante a reunião, o empresário apresentou o projeto de instalação da siderúrgica e disse ter feito a escolha certa ao optar pelo Tocantins para sediar a expansão dos negócios.

O empresário Maurílio Lustosa, CEO da M.R.X – Siderúrgica Norte Brasil, acompanhado do presidente da Ameto, Aparecido Giacometto, se reuniu com a equipe técnica da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços, na manhã desta quarta-feira (20), para anunciar a instalação de uma filial do grupo na cidade de Barrolândia, localizada na região Central do Estado.

Durante a reunião, o empresário apresentou o projeto de instalação da siderúrgica e disse ter feito a escolha certa ao optar pelo Tocantins para sediar a expansão dos negócios. “O grupo levou em conta vários fatores antes decidir para qual lugar destinaríamos a ampliação dos investimentos. Estou convencido de que aqui alcançaremos os resultados esperados. As boas estradas e o raio de alcance do Tocantins para os outros estados, além de contribuírem para a otimização do nosso escoamento, fazem com que os custos da empresa sejam reduzidos. Além disso, a celeridade dos processos burocráticos foi outro atrativo”, destacou Maurílio Lustosa, acrescentando que as atividades serão iniciadas ainda no primeiro semestre.

A empresa investirá R$ 30 milhões no Tocantins, gerando mais de 100 empregos diretos. Ainda segundo o empresário, para cada emprego direto, 9 indiretos serão gerados, movimentando a cadeia produtiva. Estes dados reiteram que a atração de novos investimentos, resultado das ações efetivas do Governo do Estado, contribuem tanto para o avanço econômico quanto para o desenvolvimento social.

Alinhados no propósito de tornar o Tocantins um estado cada vez mais progressivo, o superintendente de Desenvolvimento Econômico da Sics, Iranilson Mota, que, na ocasião, representou o Secretário Tom Lyra, agradeceu a articulação com a Agência de Mineração (Ameto), em nome do presidente da Pasta, Aparecido Giacometto. “Atendendo às orientações tanto do secretário, quanto do governador, trabalhamos, arduamente, para que a engrenagem da economia tocantinense continue funcionando plenamente. Afinal, nossa missão é proporcionar o desenvolvimento econômico do Tocantins com estímulo à competitividade da indústria e sermos indutores destes investimentos”, pontuou o gestor, frisando que a instalação do novo negócio comprova que a gestão do Governador Mauro Carlesse está no caminho certo.

Também estiveram presentes na reunião: Elaine Assis, Diretora de Atração de Investimentos e Desenvolvimento Estratégico; Geanny Pinheiro, diretora de Indústria, Comércio e Serviços; Kátia Milhomem, secretária executiva do Conselho do Desenvolvimento Econômico (CDE-TO).

Grupo MRX

A indústria MRX é considerada um forte indicador de progresso econômico devido ao papel desempenhado pelo aço na infraestrutura e no desenvolvimento econômico do país. Um exemplo positivo é o da MRX – Siderúrgica Norte Brasil S.A, empresa que será instalada no Tocantins. Reconhecida como a primeira siderúrgica integrada das regiões Norte e Nordeste, há 13 anos contribui com o desenvolvimento do estado do Pará e de toda a região Norte.

A empresa possui capacidade produtiva de 380 mil toneladas de aço, com um mix de produtos comercializados em todas as regiões do Brasil e um atendimento logístico diferenciado. Com a produção de aço voltada para o mercado nacional, a MRX teve no último ano um faturamento de R$ 1,3 bilhão, consolidando-se como uma das grandes indústrias do Brasil. Atualmente, emprega 1.300 pessoas.