Nº 1372 ano 2020
Data:

Principal Empréstimos


Crédito Rural disponibiliza R$ 76 milhões para o setor agropecuário no TO

Esses financiamentos são oferecidos com condições especiais de pagamento e menores juros do que empréstimos e financiamentos semelhantes no mercado financeiro.

Por: Mariah Soares
Publicada em: 18/03/2020 12h31min
Atualizada em: 06/04/2020 11h15min
Foto: Wilson Rodrigues
Juros abaixo é um dos diferenciais do Crédito Rural

O Secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura César Halum recebeu diretores da Caixa Econômica Federal (CEF), quando foi informado de recursos do banco para o setor agropecuário por meio do Crédito rural, em reunião ocorrida nessa terça-feira, 17, com o superintendente da CEF no Tocantins, Cristian Freitas e o superintendente-executivo do governo no Estado, Vandeir Ferreira. Neste primeiro semestre a Caixa vai destinar R$ 5,2 bilhões para o Crédito Rural.

Desse montante R$ 76 milhões são para o Tocantins  para financiar os custos de produção e comercialização de produtos agropecuários, incluindo armazenamento, beneficiamento, industrialização e modernização dos produtos agrícolas (custeio).  

Esses financiamentos são oferecidos com condições especiais de pagamento e menores juros do que empréstimos e financiamentos semelhantes no mercado financeiro, como explicou Vandeir Ferreira. “A Caixa está concedendo um desconto para o produtor rural, a partir de 3,9 ao ano, muito abaixo da taxa praticada pelo mercado tabelada pelo governo federal (Pronamp) que é de 6% ao ano e 8% na regra geral”, informou o superintendente-executivo.

O secretário César Halum  recebeu a notícia com otimismo, destacando a luta diária do produtor rural. “O produtor rural é um lutador, um guerreiro acostumado a enfrentar desafios, sejam naturais (condições climáticas) ou dificuldades financeiras. Então, taxas de juros mais baixas com certeza são importantes, pois evita o produtor ter prejuízo na produção e o não cumprimento dos compromissos junto aos agentes financeiros,” enfatizou Halum.

Comentários

Deixe um comentário