Nº 1394 ano 2020
Data:

Principal Segurança Pública


Balanço apresenta redução de crimes contra a vida e patrimônio no Tocantins

A divulgação do balanço acontece trimestralmente e o objetivo é dar transparência aos indicadores e ações das forças de segurança pública do Tocantins.

Por: Divulgação
Publicada em: 29/10/2020 11h50min
Foto: Divulgação PMTO
Ações contra a criminalidade foram realizadas pela Polícia Militar em várias localidades do Estado

Com destaque para a redução dos crimes contra a vida e o patrimônio e para a crescente produtividade das forças públicas de segurança pública, o Balanço das Estatísticas Criminais referente ao terceiro trimestre de 2020 (julho-setembro) já está disponível no site da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO), www.ssp.to.gov.br.

A divulgação do balanço acontece trimestralmente e o objetivo é dar transparência aos indicadores e ações das forças de segurança pública (Polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros Militar). Neste ano de 2020, o Balanço, em razão da pandemia do novo coronavírus, tem sido divulgado exclusivamente em meio virtual, sem a realização de coletiva de imprensa.

Cumpre, ainda, ressaltar que os dados fornecidos pela Polícia Militar em sua produtividade estão relacionados aos atendimentos de ocorrências e ao seu acionamento, não estando, dessa forma, em contraposição aos dados gerais apresentados pela Secretaria da Segurança Pública na primeira parte do Balanço das Estatísticas Criminais.

Segurança Pública – Indicadores Gerais - Redução nos registros de CVLI

O Balanço das Estatísticas Criminais da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO) referente ao 3º trimestre julho-setembro (comparativo 2019/2020) aponta redução no registro de crimes de diversas naturezas no Tocantins.

Com relação aos crimes de homicídio, a queda no registro de casos foi de 6,3%. Foram 80 registros trimestre julho-agosto-setembro de 2019 e 75 casos no mesmo período deste ano. Redução também nos casos de Lesão Corporal Seguida de Morte, com três registros em 2019 e um em 2020. Já nos crimes de feminicídio, o trimestre de 2020 registrou um caso a mais que 2019, saindo de um registro para dois.

Nos crimes de Latrocínio (roubo seguido de morte) foram oito casos em 2019 e oito agora em 2020. No levantamento geral dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), a redução foi 6,5%, com 96 registros no terceiro trimestre de 2019 e 86 registros no mesmo período deste ano.

O trimestre julho-agosto-setembro 2019-2020 registrou queda de 20,15% nos registros de Crimes Contra a Dignidade Sexual, que englobam Estupro e Estupro de Vulnerável. Foram 181 vítimas em 2019 contra 144 em 2020. Os estupros somaram 45 vítimas em 2019 contra 21 em 2020, redução de 53,3%. Já nos casos de estupro de vulnerável, a queda foi 9,6% no número de vítimas, com 136 casos em 2019; e 123, no terceiro trimestre deste ano.

O Balanço do terceiro trimestre de 2020 registrou também queda de 61,1% de Crimes Contra o Patrimônio (CCP). Foram 5.848 casos registrados em 2019 contra 2.278, no mesmo período de 2020. Os Roubos somaram 1.433 registros em 2019 contra 536 neste ano (redução de 62,6%). Os Furtos também tiveram redução de 60,5%. 4.415 casos no ano passado e 1.742 no presente ano.

Para o secretário da Segurança Pública, Cristiano Barbosa Sampaio, os resultados alcançados são fruto de um intenso trabalho das forças de segurança. “Trabalho que será intensificado para que no próximo trimestre os resultados sejam ainda melhores".