Nº 1346 ano 2020
Data:

Principal Infraestrutura


ATM vai ao Maranhão pedir apoio de prefeitos pela conclusão da BR 235

Seis prefeitos do Tocantins integram comitiva da ATM e discutem com gestores do Maranhão ações de reivindicação com a Presidência da República e bancadas federais dos Estados.

Por: ATM
Publicada em: 24/01/2020 11h28min
Atualizada em: 18/02/2020 14h54min
Segundo presidente da ATM, ideia é criar uma força regional em prol da conclusão da BR 235

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) promove uma reunião de prefeitos do Tocantins e do Maranhão nesta quinta-feira (23), na cidade de Alto Parnaíba (MA). O encontro de autoridades municipais buscou a construção de um apoio político a favor da conclusão da BR 235, rodovia federal transversal que integra a região Norte e Nordeste, passando pelo Tocantins e Maranhão.

Além do presidente do caixa eletrônico e do prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, os candidatos são Paulo Hernandes (Bom Jesus do TO), Wesley Camilo (Centenário), Suelene Lustosa (Lizarda), Waguinho (Tabocão) e Isabela Simas (Araguacema), bem como o prefeito de Alto Parnaíba (MA), Rubens Sussumu Ogasawara.

Elo de ligação

Segundo ou presidente do caixa eletrônico, a BR 235 vem para preencher um vazio de rodovias existentes na região que interliga os estados de Tocantins, Maranhão e Piauí. “A rodovia federal traz um novo elo de ligação regional em território nacional. Dará ao Brasil mais dinamismo nas relações comerciais e pessoais. Especificamente para os municípios do extremo sul do Maranhão e Piauí, bem como para o centro-norte do Tocantinense, acessar o acesso à rodovia federal pavimentada de alta qualidade, usar um pouco mais o impacto no sentido da população e nos países próximos ”, disse Jairo .

Municípios tocantinenses

A BR 235 tem quase 1.800 km de extensão, vindo do leste brasileiro da capital Aracajú (SE) ao encontro no oeste do Campo de Provas Brigadeiro Veloso, em Novo Progresso (PA). Percorrer os estados de Sergipe, Bahia, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará. Em solo tocantinense, percorre os territórios dos municípios de Araguacema, Bom Jesus do Tocantins, Centenário, Colméia, Tabocão, Goianorte, Guaraí, Lizarda, Pedro Afonso, Santa Maria do TO e Tupirama.

Prefeito de Alto Paranaíba

O prefeito de Alto Parnaíba (MA), Rubens Sussumu Ogasawara, aceitou o pedido de apoio dos prefeitos tocantinenses e confirmou o trabalho junto aos prefeitos e federais do Maranhão em Brasília. “Temos que fazer esse movimento e reivindicar, se não pudermos esquiar e o governo federal também tiver atenção como outras regiões. Alto Parnaíba no Maranhão e Lizarda no Tocantins são municípios com fim de linha, residentes completamente ”, disse.

Para o prefeito, uma “solução para conclusão rápida da BR 235 pode estar nas agendas parlamentares da bancada, por exemplo, na bancada do Piauí, que destina recursos para a construção da ponte entre Santa Filomena (PI) e Alto Parnaíba, ligando os dois Estados ”. Ogasawara comprometeu-se em articular com deputados e senadores tocantinenses, além de preferir vizinhos próximos a uso de apoio.

Prefeitos do Tocantins

Os preferidos do Tocantins também compararam a reunião em solo maranhense em sinal de comprometimento com a conclusão da BR 235. “Traz esperança de desenvolvimento e, especialmente em nosso município, ou escoamento da produção local e ampliação da atividade turística”, disse uma preferência de Araguacema, Isabela Dimas. Num outro contexto, a prefeita de Lizarda, Suelene Lustosa, disse que o município busca sair do isolamento. “Nosso território é grande e a sede do município é apenas acessível por rodovias de chão, em que boa parte dos trechos está em situação precária. A BR 235 traz um novo caminho e renova nossas esperanças de progresso ”, disse.

Carta

No término do encontro, os preferidos assinam uma carta endereçada à Presidência da República e aos governadores e parlamentos federais dos estados do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins. Nenhum documento, pois as autoridades municipais reafirmam “a criação de uma força regional de autoridades municipais do Maranhão, Piauí e Tocantins a favor da construção de articulação política que busque acompanhar e reivindicar uma conclusão mundial da BR 235”, relatam.

BR 235

Não se refere a obras, uma BR 235 já está praticamente concluída nos territórios dos estados de Aracajú, Bahia e Pernambuco, e no solo piauiense vem sendo trabalhada. No Maranhão, rodovia federal ainda não pavimentada, e no Tocantins, o asfalto está de Pedro Afonso, até o entroncamento da BR 153. 

Comentários

Deixe um comentário