Nº 1299 ano 2018
Data:

Principal Operação Araguaia


Polícias Civil do TO e PA desarticula quadrilha que assaltava bancos

A operação que ainda está em andamento já cumpriu mandados de busca e apreensão e nove prisões, sendo uma delas no Tocantins.

Por: Divulgação
Publicada em: 19/12/2018 14h33min
Atualizada em: 20/12/2018 15h43min
Foto: Divulgação
Os suspeitos da quadrilha mantinham uma base em Redenção do Pará

A Polícia Civil do Tocantins por meio das Delegacias Especializadas em Investigações Criminais - DEIC de Palmas, Paraíso, Colméia e Guaraí com o apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais - GOTE deflagraram nesta quarta-feira, 19, a Operação Araguaia. O objetivo é cumprir mandados de prisão a pessoas suspeitas de praticar arrombamentos em unidades bancárias nos dois estados. A operação que ainda está em andamento já cumpriu mandados de busca e apreensão e nove prisões, sendo uma delas no Tocantins.

De acordo com o delegado paraense Alécio Janunes do Núcleo de Apoio e Investigação, os suspeitos da quadrilha mantinham uma base em Redenção do Pará. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de conceição do Araguaia e Redenção. Outras cidades no Pará (Santa Maria das Barreiras, Bannach, Água Azul do Norte, Pacajá e Senador José Porfírio) também foram alvo da quadrilha. Com os presos foram encontrados telefones celulares, munições e dinheiro em espécie.

No Tocantins, segundo o delegado Leandro Rissi, o grupo é suspeito de praticar assaltos a agências bancárias em Araguacema, Colméia e Couto Magalhães, ambas as cidades próximas da divisa com o Pará. “Esse grupo já havia sido investigada pelas duas polícias e hoje com a união das duas forças de segurança interestaduais nós realizamos esta operação”, afirmou.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins