Nº 1337 ano 2019
Data:

Geral TO


Poder Judiciário e Polícia Militar fortalecem parceria no combate à violência contra a mulher

"No último sábado uma jovem foi morta vítima de feminicídio, aqui em Gurupi, não tem como não se emocionar com esse caso, pois ela foi morta na festa de aniversário, na frente da família", disse o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, no encerramento da Semana da Justiça pela Paz em casa, na Comarca de Gurupi, na tarde desta sexta-feira (29/11).

Por: Divulgação
Publicada em: 02/12/2019 11h22min
Foto: Rondinelli

"No último sábado uma jovem foi morta vítima de feminicídio, aqui em Gurupi, não tem como não se emocionar com esse caso, pois ela foi morta na festa de aniversário, na frente da família", disse o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, no encerramento da Semana da Justiça pela Paz em casa, na Comarca de Gurupi, na tarde desta sexta-feira (29/11).

Segundo o juiz Ademar Alves de Souza Filho, foram realizadas 30 audiências durante a semana, ele destacou o trabalho que vem sendo feito pela Patrulha da Mulher, realizada pela Polícia Militar do Estado. "As mulheres estão denunciando mais e por isso elas precisam se sentir protegidas. A patrulha tem feito um ótimo trabalho nesse sentido, inclusive dentro da viatura tem sempre uma policial mulher para que a vítima se sinta mais a vontade", avaliou.

Para fortalecer ainda mais essa parceria do Poder Judiciário e da Polícia Militar para o combate à violência contra a mulher, foi entregue um smartphone para a Patrulha, assim os policiais enviam mensagem ao infrator alertando que ele está sendo vigiado.

Também foi assinado um termo de transferência da Central de Penas e Medidas Alternativas - Cepema, no valor de R$ 150 mil reais, para o projeto PMTO Mobile, de tecnologia embarcada da Polícia Militar.

O tenente-coronel Jaime, explicou que cada viatura terá um tablet e um sistema para cunsultas de mandado de prisão, placa de veículos e qualquer tipo de ocorrência. "Nos já adquirimos toda a parte de equipamentos e agora estamos na fase de aquisição do software, esse valor irá contribuir para isso", disse.

Homenagem

O evento também foi marcado por homenagens. O Fórum da Comarca de Gurupi passa a receber o nome de Fórum juiz Amilton José de Almeida, muito conhecido pelos moradores da cidade pela sua atuação ética junto a comunidade. "Ele nos trouxe muita sabedoria, seu nome não está apenas na placa, mas na nossa memória e nos nossos corações", conta o presidente do TJTO, desembargador Helvécio Maia.

O amigo da família, Albery César de Oliveira, também contou que o juiz chegou a doar quase o valor do seu salário para que seu filho pudesse tratar da leucemia. "Ele era um homem bom e doce no trato", emociona-se.

Também estavam presentes na cerimônia os familiares do juiz Amilton, homenageado in memorian.

Medalhão dos 30 anos

O presidente do TJTO também fez a entrega do Medalhão dos 30 anos do Poder Judiciário para os juízes da Comarca de Gurupi, uma homenagem pelo excelente trabalho prestado aos cidadãos.

Receberam as homenagens os juízes:

Ademar Alves de Souza Filho;

Nassib Cleto;

Maria Celma Loureiro;

Edilene Pereira de Amorim Alfaix Natário;

Nilson Afonso da Silva;

Adriano Morelli e

Cibele Maria Bellezia.

 

Comentários

Deixe um comentário