Nº 1307 ano 2019
Data:

Política Saúde e educação


Lúcio Campelo aponta desafios a serem enfrentados pela prefeita da capital

Na tribuna da Câmara de Palmas, o parlamentar, na condição de aliado da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), chamou atenção para problemáticas recorrentes, principalmente nas áreas da educação e saúde.

Por: Divulgação
Publicada em: 06/02/2019 15h14min
Atualizada em: 07/02/2019 15h30min
Foto: Aline Batista
Lúcio questiona o fato de professores sem instrução adequada, lecionarem nas escolas e Cmeis

A capital tocantinense completa 30 anos em 20 de maio e para o vereador Lúcio Campelo (PR), há alguns desafios a serem vencidos. Na tribuna da Câmara de Palmas, nesta quarta-feira, 06, o parlamentar, na condição de aliado da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), chamou atenção para problemáticas recorrentes, principalmente nas áreas da educação e saúde.

Defensor de uma educação de qualidade, com atenção às crianças de baixa renda, Lúcio questiona o fato de professores sem instrução adequada, lecionarem nas escolas e Cmeis (Centros Municipais de Educação Infantil). “Esse é um dos grandes desafios da prefeita Cinthia. Como é que vamos construir, do ponto de vista da infraestrutura, uma cidade que ainda nas séries iniciais e na alfabetização, conta com professores de nível médio?”, questionou.

O vereador também requer que a gestora dê atenção ao processo de ingresso dos alunos. “As escolas são feitas para atender as crianças que são menos favorecidas do ponto de vista financeiro, mas estamos vendo escolas, cmeis, criando critérios para dificultar a vida daqueles que se propõe a ter uma qualidade de ensino melhor”, criticou.

Lúcio Campelo também defende a implantação de mais escolas de tempo integral. Segundo ele, prefeitos anteriores contam que Palmas dispõe de 90 a 100% de escolas de tempo integral, o que não ocorre. “É mentira! A cidade tem, de fato, cinco escolas de tempo integral, e o resto é meia boca. As outras escolas não têm a condição que a Caroline Campelo tem, que a Padre Josimo tem, que as demais escolas de tempo integral têm”, afirmou.

Saúde

O vereador Lúcio Campelo também apresentou desafios a serem vencidos na saúde. Segundo ele, a gestora precisa estar atenta em relação à falta de remédios nas farmácias das unidades. Lúcio lembrou da destinação, através de emenda parlamentar individual do vereador, de R$ 150 mil para a Upa Sul e R$ 100 mil para a Upa Norte, para a compra de remédios, visando minimizar as reclamações de tal demanda.

Caf

Lúcio ainda comentou sobre o recurso na ordem de US$ 60,8 milhões (aproximadamente R$ 235 milhões), valor conquistado através de compromisso firmado com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), destinado para obras de infraestrutura e mobilidade urbana na Capital. O vereador reforçou empenho do deputado federal Vicentinho Júnior (PR) e do ex-senador Vicentinho Alves (PR), para aprovação. “Recurso esse conquistado através da gestão anterior do ex-prefeito Carlos Amastha que trabalhou esse processo de empréstimo, mas devemos ao deputado federal Vicentinho Júnior que levou esse procedimento ao ex-presidente Michel Temer e conseguiu autorização para que esses recursos fossem liberados e, de imediato, encaminhado ao Senado, quando o ex-senador Vicentinho Alves conseguiu em tempo recorde a aprovação desse projeto na Casa”, informou.

Na oportunidade, Lúcio apontou demandas que poderão ser atendidas com o recurso, entre elas, pequenos reparos no Setor Santa Fé e nos Aurenys I, II, III e IV. “O empreendedorismo é que vai fazer com que a prefeita saiba mexer o doce dentro da gestão e fazer com que as coisas aconteçam”, afirmou.

Apoio e Fiscalização

O vereador disse saber das dificuldades enfrentadas pela prefeita Cinthia Ribeiro e ressaltou apoio. "Ela terá deste parlamento o apoio necessário para que todos os recursos que cheguem a este município sejam de fato aplicados e com a sua devida fiscalização”, garantiu. 

Comentários

Deixe um comentário