Nº 1331 ano 2019
Data:

Principal Cinema


Filme sobre a passagem de Ayrton Senna pelo Tocantins será lançado em 2020

A obra vai ainda mostrar um pouco da cultura tocantinense, revelando as experiências do jovem Ayrton Senna pela região sudeste do Estado.

Por: Rafael Miranda/Redação
Publicada em: 25/07/2019 16h36min
Atualizada em: 31/07/2019 14h47min
Vicentini Gomez, Wanderlei Barbosa e o jornalista Goyanir Barbosa, durante coletiva de imprensa sobre lançamento do projeto “Ayrton – meninices no coração do Brasil”.

Durante sua infância e ainda parte da adolescência, um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, o piloto Ayrton Senna, visitou por diversas vezes o Tocantins, mais especificamente em uma fazenda na região da cidade de Taipas (356 km de Palmas). E a história de sua passagem pelo Estado (que na época ainda era Goiás) vai parar nas telas do cinema, através do documentário ficcional “Ayrton – meninices no coração do Brasil”.

O projeto para a obra cinematográfica foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada hoje, em Palmas.  O ator e cineasta Vicentini Gomez, responsável pelo roteiro e direção do filme, informou que o documentário ficcional (doc-fic) trará histórias e lembranças do piloto na região sudeste do Estado.

E para falar dessas histórias, o diretor vai atrás de depoimentos de idosos que conviveram com ele durante a década de 70. “A história que vamos contar, o mundo inteiro não conhece, porque só conhecem a história do kart pra frente e nós vamos contar do kart pra trás”.

Vicentini comentou ainda que o “doc-fic” sobre Ayrton Senna tem potencial para se tornar o maior trabalho de audiovisual do país, alcançando não só todo o público brasileiro, que idolatra o piloto, mas a comunidade internacional que o reconhece como um dos maiores esportistas de todos os tempos dentro da Formula 01.

Além de retratar a passagem do piloto no Estado, a obra vai ainda mostrar um pouco da cultura tocantinense, revelando as experiências do jovem Ayrton Senna com as festas de São João e demais costumes locais. “O filme terá repercussão internacional, o que será muito importante na questão cultural e de tradições para o mundo inteiro ver”, destacou Vicentini.

Lançamento

Com previsão de lançamento para setembro de 2020, o filme segue em fase de captação de recursos e, de acordo com Vicentini, deve começar as gravações ainda em outubro desse ano. Aprovado recentemente pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), o documentário ficcional está orçado em R$ 2.882.770,00.

Agora a produtora Palha & Cia, responsável pelo projeto, segue em busca de empresas interessadas em financiar a ideia, através de leis de incentivo cultural, onde o empresário tem a oportunidade de abater o seu Imposto de Renda, podendo destinar os recursos para produção do filme.

Governo

O vice-governador Wanderley Barbosa esteve presente na coletiva de imprensa, e garantiu que o Governo Estadual vai buscar formas de apoiar a produção do filme. “Nosso estado precisa de obras importantes, é novo nessa área e temos cenários bacanas e histórias muito bonitas, temos muito pontos a serem divulgados para o mundo".

Vicentini Gomez

Vicentini Gomez vem realizando uma obra significativa voltada ao cinema de resgate histórico, cercando-se de notáveis pesquisadores, historiadores e memorialistas, conquistou diversos prêmios. Seus filmes foram classificados em mais de 50 festivais de cinema e vídeo no Brasil e Exterior. Com seus espetáculos fez tournées pela Europa e América do Sul.

Com a empresa Palha – Casa de Criação,  produziu 42 produtos entre filmes e séries de TV, como ConsCiência na Cultura, Plaquita, O Baú da História, Juqueriquerê , Porto das Monções, História & Estórias . Séries e filmes que veicularam nas TVs:  Cultura, TV E, TV Escola, TV RÁ-TIM-BUM.

O cineasta é membro da UBE – União Brasileira de Escritores, e já atuou em mais de 20 telenovelas, alguns destes personagens foram marcantes, como o Serjão, aquele sequestrador atrapalhado em Avenida Brasil, maior sucesso da TV Globo na última década. O Delegado Cavalcante em Joia Rara, prêmio Emmy de melhor telenovela mundial em 2014 e o Italiano Giuseppe Cavichioli,  na novela Cúmplices de um Resgate, entre outros.

Comentários

Deixe um comentário